[…] Esta Doutrina, filha das Forças Superiores, sua jóia predileta, que a nós foi confiada para sua divulgação na Terra, deve ser divulgada, deve ser explanada, deve ser respeitada e obedecida por aqueles que na Terra se dizem seus instrumentos, e o devem ser de fato […]
- Luiz Alves Thomaz

Valores da remessa de alimentos de 1911, corrigidos para valores aproximados em 2018

De acordo com o Senhor Orlando Medina, em publicação do Jornal A Razão do mês de Agosto de 2017, onde afirma;
Clique para ler Jornal
A Razão Agosto de 2017

Foi Luiz Thomaz que, em 1911, ao inteirar-se da dolorosa situação por que passava o povo de Cabo Verde, provocada pela dura e longa estiagem que assolara as ilhas, determinou, em acordo com o cabo-verdiano Augusto Messias de Burgos, médium seu amigo, enviar um barco carregado de alimentos de primeira necessidade.”

Continua o Senhor Medina, “O custo era vultoso, cerca de 61 contos réis, mas foram angariados apenas 14 contos de réis. Luiz Thomaz ofereceu os 47 contos de réis que faltavam para que a ajuda fosse realizada, como aconteceu, pelo que, tenho certeza, o povo dessas Ilhas estar eternamente gratos.”

Esses mesmos valores, também são citados no Livro (não publicado) A Vida e a Luta de Luiz de Mattos, página 124, 1992, do Senhor Fernando Faria.

Os valores também foram detalhados no Livro Luiz Thomaz – O Benfeitor da Humanidade, página 63, 2016, do Senhor Galdino de Andrade, da seguinte maneira:

“... a comissão arrecadou gêneros no valor de Rs 13:987$000 (treze contos, novecentos e oitenta e sete mil réis) quando os gêneros de primeira necessidade a serem enviados demandavam a quantia de Rs 61:000$000, verificando-se assim déficit de Rs 47:013$000 completados por Luiz Alves Thomaz.

Valores comparados, para uma visão aproximada, aos padrões de início do século XXI

Como esses valores monetários no início do século XX são reproduzidos uma e outra vez e, hoje, passado mais de um século, torna-se praticamente incompreensível, assim cabe uma transformação em dólares, para que todos possam melhor discernir o valor e o índice/dólar de 1911.


Considerando como equivalência, o custo de aquisição do terreno Avenida Ana Costa, 67, para construção do novo Centro Amor e Caridade em Santos, inaugurado em 21 de junho de 1912, temos:

Terreno 800m2 - Rs 8:000$000 (:) = (1:0,32) US$ 3,125 (1911) = US$ 2.560,00.

Logo, transformando Rs 8:000$000 em dólares de 1911, obtêm-se o custo do lote em US$2.560,00.

Atualmente, em março de 2018, somente um terreno de 800m2, comparado estimativamente com outros à venda nas proximidades, equivale aproximadamente a US$ 900.000,00 dólares.

Assim, Rs 61:000$000 (:) US$3,125 (1911) = equivale a US$19.520,00.

US$19.520,00 (:) US$ 2.560,00 (1911) = equivale a 7,6 lotes.

Portanto, Rs 61:000$000 se fossem aplicados em 7,6 terrenos de proporções parecidas ao lote da Casa Racionalista Cristã, Filial Santos, Vila Mathias, hoje, esse valor devidamente corrigido, estaria valorizado entre US$5.000.000 a US$7.000.000,00 de dólares. Valores ano de 2018 - no Brasil em Reais - aproximadamente R$23.000.000,00.

Pode-se dizer que se levarmos em conta a estimativa citada acima, em termos de valores monetários, fica bem mais fácil entender o porquê do Senhor Luiz Alves Thomaz ter-se emocionado com essa doação e o motivo pelo qual seus seguidores o denominaram como “Benfeitor da Humanidade”.

Memorial Augusto Messias de Burgos
Por outro lado, também fica mais fácil entender o fato do Senhor Augusto Messias de Burgos, ter adotado como estratégia de entregar pessoalmente nas mãos de cada faminto, valorizando cada grão de alimentos doados pelo Senhor Luiz Alves Thomaz, o que demandou tempo e abnegação. Doação essa que foi levada em 1911, com esmero pelo Senhor Burgos, caso contrário, dificilmente a nação cabo-verdiana teria sido envolvida nessa sublime missão de propagar a espiritualidade facilitando a evolução da humanidade. Então porque alguns autores insistem em causticar o Senhor Augusto Messias de Burgos por essa suposta demora em Cabo Verde?

Valores da remessa de alimentos de 1911, corrigidos para valores aproximados em 2018
Fonte:
Livro (não publicado) A Vida e a Luta de Luiz de Mattos, página 124, 1992, do Senhor Fernando Faria
Livro Luiz Thomaz – O Benfeitor da Humanidade, página 63, 2016, do Senhor Galdino de Andrade